menu

Promoção de tecnologias socioprodutivas para recuperação ambiental e produtiva da Bacia do Rio Doce (MG) 

Promoção de tecnologias socioprodutivas para recuperação ambiental e produtiva da Bacia do Rio Doce2

Com objetivo de contribuir para a recuperação ambiental e produtiva da Bacia do Rio Doce  após o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em fevereiro de 2017 o IBIO se tornou parceiro em dois convênios de cooperação financeira celebrados pela Fundação Banco do Brasil: um com a Associação dos Pequenos Produtores Independentes de Cocais  (APPRICO) e outro com a  Associação de Agricultores Familiares de Iapu e Região (ACOSE).

Com duração de 18 meses, o primeiro visa à alocação de recursos financeiros para promover a segurança alimentar e a melhoria da qualidade da água na região de Cocais, em Cel. Fabriciano (­MG). Entre as ações previstas estão a implantação de 140 fossas sépticas econômicas, a instalação de duas Unidades de Referência Tecnológica (URTs) em Pós-Colheita de Hortaliças e a realização de um Dia de Campo em Pós-Colheita de Hortaliças para disseminar as tecnologias desenvolvidas.

O segundo busca melhorar a qualidade de água do manancial que abastece o município de Iapu, por meio da instalação de 200 fossas sépticas econômicas na comunidade Santo Estêvão, e conscientizar as comunidades rurais e o poder público sobre a importância da promoção do saneamento rural.  A duração também é de 18 meses.

© 2016 IBIO - Todos os Direitos Reservados